5 benefícios do tocar instrumentos

É muito bonito ver alguém que domina um instrumento musical demonstrar toda sua criatividade e aprendizado através dele. É uma arte que estimula tanto o fazer por si próprio, como buscar os aspectos técnicos que vão lhe tornar um verdadeiro mestre, ou um grande entusiasta. Enfim, independente de sua motivação com a música, há muitos benefícios do tocar instrumentos musicais. E na infância esse estimulo é extremamente importante.

De uma fonte relaxante a uma maneira de expandir e desenvolver a mente, a música pode trazer muitos ganhos em termos de experiências e vivências que, ainda por cima, podem ser transmitidas de formas variadas a outros ouvidos e olhares.

Para ilustrar melhor, vejamos os 5 benefícios de praticar instrumentos:

  1. Potencializa a memorização

    Este é um dos grandes benefícios de aprender a tocar instrumentos. A prática constante não apenas reforça a memória de longo prazo, o que te permite tocar seu instrumento a qualquer momento, mesmo que tenha perdido um pouco da prática, como a memória muscular, responsável por ações mais reativas e naturais do corpo.
    Além dessas vantagens, a prática constante também desenvolve a habilidade espaço-temporal. Isso significa que seus praticantes conseguem ser mais focados e mais atentos ao ambiente em que se encontram.

  2. Melhora o trabalho em equipe

    Todos sabem que o segredo de qualquer grupo musical é a harmonia. Isso é válido tanto para uma banda pequena, como para uma grande orquestra. Ao tocar instrumentos em grupo, você aprende a ouvir mais os outros, aprender e compartilhar com eles, e desenvolver melhor suas capacidades em equipe. O segredo aqui é, sem trocadilhos, encontrar a sintonia juntos.

  3. Desenvolve a coordenação motora

    A coordenação motora costuma ser, de uma forma errada, um dos fatores que separam quem aprende um instrumento musical com mais facilidade, e quem não aprende. De certa forma, a coordenação motora está ligada a memória muscular, em que nosso cérebro transforma uma informação visual (as partituras, especificamente) em movimentos com os dedos, pés ou até lábios, de acordo com o instrumento.
    Essa capacidade pode ser desenvolvida por qualquer pessoa, desde que respeitado o seu tempo de aprendizado. Para alguns, pode levar mais, para outros menos. O que determina esse processo é a maneira como é aproveitado o tempo de prática.

  4. Aumento dos conhecimentos culturais

    A música é uma forma de expressão artística antiga e intrínseca a qualquer civilização. Através dela, podemos conhecer histórias de povos variados, e se relacionar com eles de uma maneira íntima e puramente sonora. Ao tocar instrumentos, sejam eles quais forem, abre-se a possibilidade de descobrir novas culturas e suas músicas, agregando ou adicionando o seu toque criativo a elas.
    E isso é válido não apenas com o que escutamos nos dias atuais, como todas as vertentes musicais ao longo da história: as óperas, as músicas medievais, os estilos de rua… O que não falta são histórias, e possibilidades.

  5. Diminui o estresse

    Tocar instrumentos é uma forma não apenas de aliviar o estresse do dia a dia, como colocar para fora suas formas de se expressar. É arte, em uma forma pura, simples e direta. E não deixe que as dificuldades e os desafios ao aprender algo novo lhe pressionem: você pode e deve aprender um novo instrumento dentro do seu ritmo e prática. Obviamente, a dedicação e a constância não podem ficar de lado, mas devem ser feitas de uma forma que lhe proporcione prazer durante o aprendizado.

Estes são só alguns benefícios do tocar instrumentos musicais. Cada tipo de instrumento expande habilidades específicas, e podem literalmente ressoar de formas diferentes em cada pessoa. Expanda suas capacidades musicais, e verá o quanto elas podem ser positivas na sua vida. Até a próxima!