A cultura através da musicalização infantil.

A música é uma das muitas manifestações de arte. E tal como outros tipos de expressão, ela reúne diversos aspectos culturais que a circulam. Esse é um dos fatores mais importantes nos quais os professores de musicalização infantil devem levar em conta ao preparar suas aulas. Trazer parte das características que formam nossa cultura também é uma das formas de educação, uma das melhores, podemos dizer.

Quanto ao que é definido como cultura, temos que estabelecer um ponto importante: o que definimos como cultura? Esse conceito pode ser muito íntimo para alguns, ou mesmo controverso para outros. Independente dessas visões pessoais, a definição é, ou deve ser, bem definida. Afinal, é para os pequenos que elas serão direcionadas, e são eles que irão levá-las adiante.

Como a musicalização infantil pode ser uma forma de cultura?

A música é uma das mais antigas expressões artísticas. E seus séculos de existência trazem histórias variadas, das clássicas óperas eruditas até as músicas de rua cantadas por menestréis que até hoje são apresentadas de maneira lúdica nas histórias infantis. O mesmo vale para nossa história: cada região brasileira também ofereceu e oferece até hoje suas contribuições a essa arte.

Apresentar todas essas manifestações musicais de forma lúdica, interessante aos pequenos, não se torna apenas um bom estímulo ao aprendizado, como mostra aos pequenos que a música é capaz de trazer muitas possibilidades.

A música como forma de quebrar barreiras

Com tantas manifestações musicais diferentes dentro e fora do Brasil, a musicalização infantil focada nesse aspecto também pode trazer um outro ponto importante e bem especial. Como uma forma de conhecer outros povos, a música pode funcionar desde cedo como uma maneira de quebrar barreiras culturais, e aproximar pessoas.

Ao apresentar diferentes formas de música, o professor incentiva o entendimento dos pequenos não apenas das formas distintas de musicalização, como os faz reconhecer que elas podem coexistir, que fazem parte de contextos e lugares variados, e que um não é melhor do que o outro.

Ao serem expostos a culturas diferentes, os pequenos podem se abrir a conhecê-las. E ao fazer isso, podem crescer sem preconceitos. Considere esse fator ao estimular a musicalização infantil.

A cultura na musicalização infantil incentiva outras formas de arte

Para finalizar, uma das formas mais divertidas e importantes para uma criança ter uma infância sadia é o incentivo à criatividade. A música, como uma porta para o conhecimento da própria cultura e além, permite que os pequenos conheçam outras manifestações culturais, e exercitem sua criatividade a partir delas.

Vivemos em uma época que pede por mais pontes entre culturas e pessoas. A musicalização infantil pode pavimentar esse caminho, e fazer com que os pequenos, ao crescerem, sejam capazes de entender e abraçar essas possibilidades.

Conhecer diversas culturas, dentro das possibilidades que os professores podem oferecer, é uma das formas básicas de musicalização infantil. Uma maneira de trazer mais variedade às aulas, e como consequência fazer o momento ainda mais interessante para todos. Valorize a cultura!