Luis Aranha

Todo processo de aprendizado é bastante intenso e nele não é só o aluno que aprende. O professor também aprende. A riqueza está aí! Alinhar as expectativas e estabelecer um ambiente de troca é o primeiro passo para um tipo de aprendizado que congrega fortalecimento muscular, desenvolvimento de motricidade fina, desenvolvimento auditivo e da percepção como um todo. Aprender música também é aprender uma nova forma de expressão da sua subjetividade interior, criar novas formas de socialização e conhecer outras culturas. Neste processo estamos sempre escolhendo um pedacinho desse universo para olhar e trabalhar sob variados ângulos e depois reinseri-lo no todo novamente.

Bacharel em Música (Unicamp) e mestrando em Ciências Sociais (Sociologia da Cultura – Unifesp). Artista e produtor há mais de 10 anos. Tocou no espetáculo Sonhos não envelhecem (Sesc Santo Amaro). A pedido do Sesc Santo André desenvolveu o show Gita para homenagear a obra de Raul Seixas e Paulo Coelho. Participou do Circuito Sesc de Artes com o cortejo cênico Vesperais nas Janelas. Concebeu e realizou o Show EXAGERADOS, lançado no SESC Santana. Lançou disco solo intitulado ONDE BATE SOL. Participou do Circuito SESC de Artes com a intervenção “Menestréis sem rima”. Fez composições exclusivas para a mostra Lá fora frio aqui dentro a mil do multiartista Ziraldo e elaborada pelo SESC Campinas. Fez a direção musical do espetáculo LIBERDADE É POUCO.